Em Busca da Verdade    (Desencarnação - O Despertar para uma Nova Vida)
O Processo Desencarnatório
por Gustavo Martins

|Introducao | Reencarnação | Tempo de Vida |
Equipes de Desligamento | O Desligamento | As Sensações | Nova Vida Para os que Buscaram a Luz |
|Suicidas | Assassinos e Caluniadores | Seres Altamente Evoluídos | Médiuns | Viciados | Apego ao Corpo |
| Influências Externas| Conselhos | Formas de Desencarne | Animais | Após o Desencarne | Cemitério |
|Locais para onde são Levados |

4. Equipes de Desligamento

Somente alguns espíritos encarnados tem a capacidade de auto-desligamento, ou seja, de desligar os laços que o prendem ao corpo físico.

A grande maioria precisa de ajuda e amparo, pois o processo de desligamento é difícil para nós, que ainda estamos ligados "vibratoriamente" ao planeta.

Por esse motivo existe na espiritualidade equipes especializadas no desligamento. Elas realizam suas tarefas de acordo com o merecimento dos espíritos que estão desencarnando.

Quando o espírito é merecedor do auxílio que chamaremos de "completo", eles realizam as seguintes tarefas:

  • Preparação ? O ambiente doméstico, os familiares e o próprio espírito que desencarnará em breve recebem visitas quase que diárias para auxílio magnético e preparação. Alguns recebem uma aparente melhora para consumação das sua últimas tarefas e para o último contato com os que lhe são queridos.
  • Proteção ? Existem vampiros, obsessores e equipes das trevas especializadas em "vampirizar" os recém-desencarnados. A equipe espiritual tem como tarefa proteger o corpo físico e etérico (até o desligamento total) e o espírito contra as investidas das trevas.
  • Desligamento ? Será abordado no próximo item, contempla todo o processo de desligamento do corpo físico.
  • Encaminhamento ? Os espíritos recém-desencarnados são auxiliados para o encaminhamento ao local onde serão amparados, seja um Posto de Socorro, uma Colônia Espiritual ou, infelizmente, largados ao léu, isso só acontece com os que não podem ser auxiliados, devido a grandes débitos ou apego em que se encontra. Ninguém pode se levado para planos superiores do Astral sem estar preparado.

O tamanho das equipes é variado e geralmente organizado para amparar grupos de espíritos que desencarnarão em um período específico.

Junto a equipe de desligamento encontram-se os amigos espirituais dessa ou de outras vidas, os familiares, os amigos espirituais de trabalho (no caso de médiuns), etc ..

Mesmo os médiuns que trabalham em casas onde existem mentores experientes nas ledes espirituais, recebem o auxílio da equipe de desligamento. Sobre esse tópico retiramos esse interessante texto do livro Obreiros da Vida Eterna:

"Porque se formara expedição destinada a socorro de servidor que dispunha de amigos de tamanha competência moral? Fabriciano demonstrava conhecimentos elevados e condição superior. O obsequiosos amigo, porém, evidenciando extrema acuidade perceptiva, antes que eu fizesse qualquer pergunta inoportuna, acrescentou:

- Não obstante nossa amizade ao médium, não nos foi possível acompanhar-lhe o transe. Temos delegação de trabalho, mas, no assunto, entrou em jogo a autoridade de superiores nossos, que resolveram proporcionar-lhe repouso, o que não nos seria possível prodigalizar-lhe, caso viesse diretamente para nossa companhia."

Nem todos recebem auxilio de equipes especializadas de desencarne, recebendo os outros o atendimento de equipes gerais que não podem interceder "muito" junto ao moribundo, sobre esse tema retiramos o seguinte texto do livro Obreiros da vida eterna:

"- Nem todas as desencarnações de pessoas dignas contam com o amparo de grupos socorristas?

- Nem todas - confirmou o interlocutor, e acentuou, todos os fenômenos contam com o amparo da caridade afeta às organizações de assistência indiscriminada; no entanto, a missão especialista não pode ser concedida a quem não se distinguiu no esforço perseverante do bem."

5. O Desligamento

5.1 Horário

O período da noite não possui os raios solares, que desintegram as energias negativas e eliminam as formas pensamento criadas pelo pensamento desregrado dos encarnados e desencarnados.

Além disso, temos uma diminuição na vitalidade existente no ambiente, o que piora as condições do doente, facilitando seu desencarne no período da noite, embora, de nenhuma forma isso seja uma regra, é simplesmente uma tendência, podendo por isso ocorrer desencarnações a qualquer hora do dia ou da noite.

5.2 O Processo de Desligamento

Falaremos aqui sobre o processo mais comum de desligamento, suicídio e mortes abruptas serão abordadas em outros tópicos.

5.3 Preparando o Ambiente

Em casos de doença, onde o moribundo está há algum tempo sofrendo, e junto com ele estão os familiares e amigos, cria-se uma ?aura? de imantação que dificulta o trabalho de desligamento.

Fica muito difícil para os espíritos criarem barreiras protetoras, o procedimento adotado pelas equipes especializadas é criar uma melhora fictícia para afastar os que "prendem" o agonizante ao corpo carnal.

Retiramos o seguinte trecho do livro Obreiros da Vida Eterna:

"- Nossa pobre amiga é o primeiro empecilho a remover. Improvisemos temporária melhora para o agonizante, a fim de sossegar-lhe a mente aflita. Somente depois de semelhante medida conseguiremos retirá-lo, sem maior impedimento. As correntes de força, exteriorizadas por ela, infundem vida aparente aos centros de energia vital, já em adiantado processo de desintegração."

5.4 Cortando os Laços

É comum a presença de espírito amigo ou familiar da última encarnação durante o desligamento. A maior parte dos espíritos de nível "médio" de evolução se mantém mais ou menos conscientes do que acontece (depende o grau de desprendimento e evolução). Por isso a presença da mãe, filho(a), irmã(o), etc, tranqüiliza o espírito em processo de desencarnação.

No livro Voltei e Obreiros da Vida Eterna (ambos de Francisco Candido Xavier) os espíritos são amparados por familiares, mãe e filha, respectivamente.

Acredito que a melhor forma de falar sobre o processo de desligamento é citando os dois livros que falaram mais profundamente sobre o assunto, a seguir as transcrições:

Obreiros da Vida Eterna, Capítulo XIII, Companheiro Libertado,

"...Ordenou Jerônimo que me conservasse vigilante, de mãos coladas à fronte do enfermo, passando, logo após, ao serviço complexo e silencioso de magnetização. Em primeiro lugar, insensibilizou inteiramente o vago, para facilitar o desligamento nas vísceras. A seguir, utilizando passes longitudinais, isolou todo o sistema nervoso simpático, neutralizando, mais tarde, as fibras inibidoras no cérebro. Descansando alguns segundos, asseverou:

- Não convém que Dimas fale, agora, aos parentes. Formularia, talvez, solicitações descabidas.
...
E porque eu indagasse, tímido, por onde iríamos começar, explicou-me o orientador:

- Segundo você sabe, há três regiões orgânicas fundamentais que demandam extremo cuidado nos serviços de liberação da alma:

o centro vegetativo, ligado ao ventre, como sede das manifestações fisiológicas; o centro emocional, zona dos sentimentos e desejos, sediado no tórax, e o centro mental, mais importante por excelência, situado no cérebro.
...
Aconselhando-me cautela na ministração de energias magnéticas à mente do moribundo, começou a operar sobre o plexo solar, desatando laços que localizavam forças físicas. Com espanto, notei que certa porção de substância leitosa extravasava do umbigo, pairando em torno. Esticaram-se os membros inferiores, com sintomas de esfriamento.
...
Jerônimo, com passes concentrados sobre o tórax, relaxou os elos que mantinham a coesão celular no centro emotivo, operando sobre determinado ponto do coração, que passou a funcionar como bomba mecânica, desreguladamente. Nova cota de substância desprendia-se do corpo, do epigástrio à garganta, mas reparei que todos os músculos trabalhavam fortemente contra a partida da alma, opondo-se à libertação das forças motrizes, em esforço desesperado, ocasionando angustiosa aflição ao paciente. O campo físico oferecia-nos resistência, insistindo pela retenção do senhor espiritual.
...
O Assistente estabeleceu reduzido tempo de descanso, mas volveu a intervir no cérebro. Era a última etapa. Concentrando todo o seu potencial de energia na fossa romboidal, Jerônimo quebrou alguma coisa que não pude perceber com minúcias e brilhante chama violeta-dourada desligou-se da região craniana, absorvendo, instantaneamente, a vasta porção de substância leitosa já exteriorizada. Quis fitar a brilhante luz, mas confesso que era difícil fixá-la, com rigor. Em breves instantes, porém, notei que as forças em exame eram dotadas de movimento plasticizante. A chama mencionada transformou-se em maravilhosa cabeça, em tudo idêntica à do nosso amigo em desencarnação, constituindose, após ela, todo o corpo perispiritual de Dimas, membro a membro, traço a traço. E, à medida que o novo organismo ressurgia ao nosso olhar, a luz violeta-dourada, fulgurante no cérebro, empalidecia gradualmente, até desaparecer de todo, como se representasse o conjunto dos princípios superiores da personalidade, momentaneamente recolhidos a um único ponto, espraiando-se, em seguida, através de todos os escaninhos do organismo perispirítico, assegurando, desse modo, a coesão dos diferentes átomos, das novas dimensões vibratórias.
Dimas-desencarnado elevou-se alguns palmos acima de Dimas-cadáver, apenas ligado ao corpo através de leve cordão prateado, semelhante a sutil elástico, entre o cérebro de matéria densa, abandonado, e o cérebro de matéria rarefeita do organismo liberto.
...
Para os nossos amigos encarnados, Dimas morrera, inteiramente. Para nós outros, porém, a operação era ainda incompleta. O Assistente deliberou que o cordão fluídico deveria permanecer até ao dia imediato, considerando as necessidades do ?morto?, ainda imperfeitamente preparado para desenlace mais rápido."

Do livro A vida Além da Sepultura, Capítulo 19, Espíritos Assistentes das Desencarnações:

"... A desencarnação demanda ainda outras operações complexas, pois a intimidade que se estabeleceu entre o perispírito e o corpo físico, durante alguns anos de vida humana, não pode ser desfeita em poucos minutos de intervenções técnicas do lado de cá. Salvo nos casos de desastres ou mortes violentas, em que a intervenção dos técnicos assistentes se registra só depois da morte do corpo, as demais desencarnações devem se subordinar gradativamente a várias operações liberatórias, em diversas etapas..."

5.5 O Rompimento do Cordão de Prata

A grande maioria dos espíritos em processo de desencarne ainda se acha ligado de alguma forma à matéria física, seja por amor a família, aos bens, preocupações com os que vão deixar, etc.

Em vista disso o processo desencarnatório é gradual e o rompimento do cordão de prata, última etapa no processo de desligamento, só é realizado (na maioria dos casos) após algum tempo.

Sobre esse assunto temos a sábia palavra de Bezerra de Menezes, no livro Voltei:

"Esclareceu Bezerra que na maioria dos casos, não seria possível libertar os desencarnados tão apressadamente, que a rápida solução do problema liberatório dependia, em grande parte, da vida mental e das idéias a que se liga o homem na experiência terrestre. ".

Até o rompimento do cordão de prata o espírito encontra-se como um balão cativo (palavras de Bezerra de Menezes), e fica mais suscetível à influência do ambiente onde se encontra, também menos consciente e fraco. Após o rompimento, ocorre um gradual aumento da consciência e fortalecimento.

Para os mais evoluídos o rompimento é quase imediato.

5.6 Duplo Etérico e Vitalidade Acumulada

O desencarne não extingue as energias vitais que circulam no Duplo Etérico, que está diretamente ligado ao corpo físico e ao corpo astral. Os técnicos responsáveis pelo desencarne também devem tomar as devidas providencias para proteger os resíduos vitais contra as investidas dos vampiros do mundo astral.

Esses irmãos que já desencarnaram e por apego ao mundo ou desregramento ainda necessitam de ?sentir? a vitalidade, que só pode ser absorvida através do contato com seres encarnados ou recém-desencarnados, encontram-se a espreita, buscando se ?apropriar? de espíritos recém-desencarnados sem proteção, sugando as energias restantes do corpo físico, do duplo etérico e do perispírito.

Retiramos o seguinte trecho do livro Magia de Redenção ? Hercílio Maes, pelo espírito Ramatis, Os males do Vampirismo

"Quando o espírito desencarna, primeiramente rompe-se o cordão que liga o perispírito ao duplo etérico, e desse fato decorre a bipartição da corrente vital que flui normalmente para o organismo físico. Então, o tônus vital reflui em parte para o perispírito, enquanto a outra converge para o cadáver e depois desintegra-se no túmulo, ou então é absorvida no processo de vampirismo pelos espíritos subvertidos. Certa percentagem do tônus vital também é absorvida pela própria terra, pois ele é fortemente constituído de éter-físico"

As palavras de Ramatís são confirmadas por André Luiz no livro Obreiros da Vida Eterna,

"Jerônimo examinou-o e auscultou-o, como clínico experimentado.Em seguida, cortou o liame final, verificando-se que Dimas, desencarnado, fazia agora o esforço do convalescente ao despertar, estremunhado, findo longo sono.
Somente então notei que, se o organismo perispirítico recebia as últimas forças do corpo inanimado, este, por sua vez, absorvia também algo de energia do outro, que o mantinha sem notáveis alterações.
...
- Nossa função, acompanhando os despojos ? esclareceu ele, afavelmente, não se verifica apenas no sentido de exercitar o desencarnado para os movimentos iniciais da libertação. Destinase também à sua defesa. Nos cemitérios costuma congregar-se compacta fileira de malfeitores, atacando vísceras cadavéricas, para subtrair-lhes resíduos vitais.
...
Logo após, ante meus olhos atônitos, Jerônimo inclinou-se piedosamente sobre o cadáver, no ataúde momentaneamente aberto antes da inumação, e, através de passes magnéticos longitudinais, extraiu todos os resíduos de vitalidade, dispersando-os, em seguida, na atmosfera comum, através de processo indescritível na linguagem humana por inexistência de comparação analógica, para que inescrupulosas entidades inferiores não se apropriassem deles.?

6. As Sensações

6.1 Sensações Antes do Desenlace

Os laços que prendem o espírito ao corpo físico como se "afrouxam" durante doenças prolongadas que antecipam a morte do corpo físico, por isso, os moribundos desdobram com facilidade para a devida preparação junto à equipe responsável pelo seu desenlace.

Alguns espíritos que morrem em acidentes trágicos sentem antecipadamente o fim que os aguarda, sofrendo grande angústia no coração, muitas vezes inexplicáveis naquele momento, de alguma forma sabem o que os espera, contudo, nunca imaginam que um acidente os aguarda.

6.2 Sensações Durante o Desenlace

As variações de sensações durante o desligamento são muitas, sempre vinculadas ao padrão espiritual do desencarnante e ao seu apego ao mundo material.

Muitos se despedem do mundo sem obstáculos e sem desagradáveis incidentes. Inúmeras almas dormem longuíssimos sonos, outras nada percebem, na inconsciência infantil em que vazam as impressões.

Porém, para aqueles que já possuem uma certa evolução, as sensações são muitas e pouco agradáveis pelo que pude perceber nos livros.

O principal motivo para as perturbações que ocorrem durante o processo de desencarne é o padrão vibratório dos amigos e familiares que estão em volta do leito de morte.

Primeiro são os choros, chamados, gritos, angustias, medo, saudade e etc...

Depois, além desses sentimentos, temos as conversas egoístas ou de baixo padrão vibratório.

É fato que a vibração energética emitida pelos entes encarnados é de profunda influência no espírito em libertação.

Estamos considerando o período de desenlace do seu início até o rompimento do cordão de prata.

Durante esse meio tempo o espírito fica meio consciente (espíritos de média evolução), sente-se fraco, facilmente influenciável pelo ambiente, não consegue raciocinar direito e pode sentir as sensações da doença que o levou ao desencarne (caso não consiga manter o padrão vibratório superior).

Alguns que se encontram despertos são colocados para dormir para que o impacto das energias negativas não seja sentido, outros, são levados para a praia ou cachoeira para receberem as emanações positivas da natureza. Cada caso é um caso, onde o merecimento e o desprendimento são variáveis de grande peso.

Não podemos deixar de citar o exame imparcial que alma faz de todos os acontecimentos de sua vida, passando pela sua tela mental todos os acontecimentos. Retirei dois trechos muito interessantes sobre esse tema.

"Um fato digno de registro é que, no momento do desencarne, seja ele repentino ou não, a pessoa vê passar ante ela toda a vida que deixa, em seus mínimos detalhes, de trás para frente, isto é, do momento atual até quando a atual existência teve principio. Processo automático em que o indivíduo em questão, como expectador, avalia, de forma crua, sem adornos, sem enganos, o que construiu de permanente para si mesmo, bem como o tempo malbaratado, gasto em ilusões."
Narcí Castro de Souza, Projetando Luz, Um Guia de Aprendizado Espiritual.

Também André Luiz, no livro Evolução em Dois Mundos, nos fala sobre essa sensação.

"Assim como recapitula, nos primeiros dias da existência intra-uterina, no processo reencarnatório, todos os lances de sua evolução filogenética, a consciência examina em retrospecto de minutos ou de longas horas, ao integrar-se definitivamente em seu corpo sutil, pela histogênese espiritual, durante o coma ou a cadaverização do veículo físico, todos os acontecimentos da própria vida, nos prodígios de memória, a que se referem os desencarnados quando descrevem para os homens a grande passagem para o sepulcro."

6.3 Sensações Após o Desenlace

As variações de sensações após o desenlace são muitas e também estão diretamente vinculadas com a graduação espiritual e, com o estilo de vida que o espírito recém-liberto levou.

Todos os apegos, erros, divergências, prejuízos causados a outrem, vícios e etc, contribuem para "pesar" o corpo astral daquele que volta para os planos mais sutis de vida. O peso pode atrapalhar a ida para Colônias Espirituais ou Postos de Socorro, e dependo do erro pode impedir que as equipes desencarnacionistas encaminhem o recém-liberto, deixando-o ao léu.

Em casos mais graves os erros são tantos que ele acaba indo para subplanos inferiores, alguns se encontram abaixo da crosta (para maiores informações consultem o artigo O Plano Astral).

Esses "charcos" como Ramatís chama tem a finalidade de ajudar o espírito a expurgar as toxinas aderidas ao corpo espiritual, funciona como um processo de filtragem/lição para o espírito desregrado. Falaremos mais sobre esses "lugares" mais tarde.

Todos aqueles que buscaram se melhorar e fizeram o possível para deixar marcas positivas no coração dos que o acompanharam, recebem o benefício dos seus atos e pelas preces dos que ficaram são auxiliados. Regressam para Postos de Socorro ou Colônias espirituais, onde receberam o auxílio inicial para a adaptação ao novo plano de vida.

7. A Nova Vida para os que buscaram a Luz

Para os espíritos de média envergadura espiritual o desencarne é mais ou menos parecido, com maiores dificuldades para os que são vítimas de acidentes, onde o rompimento dos laços é realizado de forma abrupta.

Após o auxílio das equipes de desencarnação, eles são levados para Colônias ou Postos de Socorro que estão afins com o seu padrão vibratório.

Recebem visitas dos que partiram antes deles, que fazem o possível para ajudá-los na adaptação.

Não é possível, na maioria dos casos, visitar de pronto a família terrena, em vista dos fortes impactos que sofreria.

Após o período de adaptação eles são encaminhados para tarefas de auxílio, que podem seguir os conhecimentos e experiências de trabalhos realizados na Terra.

O cansaço é muito comum após o desencarne e o espírito se sente frágil, necessitando de alimentos e repouso (a maior parte dos espíritos medianos que vivem no astral se adaptam a extrair a vitalidade da luz).

Passes magnéticos são realizados pelos amigos espirituais, auxiliando na adaptação e o equilíbrio.

Não é comum aos espíritos de médio porte lembrarem logo após o desencarne de suas vidas anteriores, isso acontece gradualmente e varia, de acordo com a história de cada um.

Pelo que pude constatar nos livros, a volitação e velocidade de deslocamento são adquiridas com o tempo, afinal, tudo na vida é uma questão de prática.

Os espíritos recém-libertos ficam muito suscetíveis às emanações de baixo padrão vibratório, eles ainda não conseguem se isolar completamente, por isso que é tão perigoso à volta para o lar SEM A COMPANHIA E AUTORIZAÇÃO DOS INSTRUTORES ESPIRITUAIS!!!

Esse tipo de apego, que pode "tirar" o espírito da proteção dos amigos espirituais, faz correr grande risco aqueles que julgam estar na família terrena a única forma de felicidade. No livro Sexo e Destino, de Francisco Cândido Xavier, temos o exemplo de uma senhora, que após seis meses de adaptação ao plano espiritual resolveu voltar ao seu lar, visitando os entes queridos, contudo, não suportou o impacto das notícias arrebatadoras e entrou em colapso, tendo que ser transferida para hospitais psiquiátricos existentes no plano espiritual.

No terceiro artigo dessa série falaremos sobre a via Além-Túmulo para os assassinos, caluniadores, médiuns, viciados e para aqueles que tem apego ao corpo físico.

Para visualizar o primeiro artigo sobre desencarnação - Refletindo Sobre a Vida - clique aqui.

Para visualizar o terceiro artigo sobre desencarnação - A Vida após a Morte é Obra de cada Um - clique aqui.

Para visualizar o quarto artigo sobre desencarnação - Os Diferentes Tipos de Desencarnação - clique aqui.


Perguntas Respondidas
Assunto: duvidas Data : 02/09/2007
Pergunta:

Olá ! É possível apos chamar varias vezes um ente querido pos morte vc sentir sua presença e até mesmo escutarseus passos e até mesmo sentir mexer seu cabelo, Eles podem vir mesmo quando são chamados por sua propria vontade Obrigada Cari ha aconteceu tambem algo estranho acordei com pesso sobre mim ,não conseguia nem me mexerminha respiração estava fraca so consegui escapar quando rezei varios pais nossos sera que foi sonho foi muito real até levantei logo e procurei......

Resposta:

Sim, é possível que isso aconteça, porém NÃO ACONSELHAMOS DE FORMA ALGUMA QUE VOCÊ FIQUE CHAMANDO PESSOAS DESENCARNADAS.

O motivo foi explicado na série de artigos sobre desencarnação.

Nada garante também que a pessoa que esteja próxima seja aquela que você chama e as consequências de ficar chamando pessoas que já faleceram é a obsessão.


Assunto: pergunta Data : 14/09/2007
Pergunta:

olá gostaria de saber se a pessoa que falenci se no mesmo estante ela fica sabendo que morreu

Resposta:

Isso depende da evolução do espírito e do grau de desapego que possuí com o plano físico.

O artigo tem um tópico que explora a consciência do recém-desencarnado.


Assunto: Cancer e espiritualidade Data : 29/09/2007
Pergunta:

Tive um filhinho que desencarnou há quatro meses, após três anos de terríveis sofrimentos, quimioterapia, radioterapia, fez transplante, tirou a bexiga e desencarnou com um fungo no coração, sofro muito, não sou espirita (ainda) mas diante da mais remota possibilidade de atrapalha-lo ou faze-lo sofrer, tenho controlado meu sofrimento, só me questiono por que crianças tem cancer? por que meu filho sofreu tanto e depois da suposta cura um fungo o matou? não consigo noticias espiriyuais de meu filhinho, sabe vivo perdida entre meu materialismo de não admitir que meu filho reencarne em outra familia, e a crença de que existe um mundo espiritual! existe alguma relação entre cancer e espiritualidade? principalmente na infancia onde a criança não faz abusos ele aparece e a faz penar durante anos ate leva-la de forma terrivel.

Amigos estou muito angustiada, sinto muita saudade e medo de não ve-lo nunca mais, eu o amo tanto......

Resposta:

Olá.

Na sua visão o filho é uma criança, contudo, sob o olhar de Deus seu filho é um espírito milenar, que já viveu e viverá várias vidas.

O egoísmo e o orgulho das famílias têm descreditado a idéia da reencarnação, contudo, as vidas sucessivas fazem parte da Lei Evolução e somente reencarnando o espírito evolui.

Não tenho como saber a história espiritual do seu filho, no entanto ninguém passa por situações desnessárias e é provável que em vidas anteriores o seu filho tenha se suicidado ou tenha por exemplo exterminado crianças. Também é possível que você tenha feito o mesmo e sofre agora a perda do filho para que seu espírito aprenda e valorize o amor de um Pai ou uma Mãe.

Não encare como castigo e sim como uma escola de aprendizado, onde tudo é passageiro e ilusório.

Seu filho está vivo, amparado em locais da espiritualidade para tratamento e provavelmente preparo para reencarnar. Querendo você ou não ele reencarnará, na sua família ou em outra, pois a vontade de Deus está acima das vontades individualistas dos homens.

Se você o ama ore para que ele seja feliz como "espírito" pois o verdadeiro Amor não prende, ele liberta.

O câncer do seu filho espiritualmente é uma benção, pois ele expurgou grande quantidade de energias tóxicas e em vida futura nascerá (provavelmente) saudável e terá uma vida mais tranquila.

Nunca duvide do Amor do Pai e da proteção de Jesus, repito, seu filho não se encontra ao Léo, existem equipes na espiritualidade especializadas na ajuda à crianças que desencarnaram.

Se procurar se harmonizar e se acalmar é possível que a espiritualidade te leve durante o sono para visitá-lo, e é provável que acorde com a recordação dele, muito próximo, mas para isso é necessário que encontre o equilíbrio. Se o visitasse hoje se descontrolaria e acabaria atrapalhando o trabalho que é realizado em favor dele.

Tenha fé, Maria vela por todas as mães do mundo!!!


Assunto: processo de desencarnação Data : 21/02/2008
Pergunta:

Quanto tempo pode levar este processo assim que ele é iniciado?

Resposta:

O tempo depende do espírito, alguns dormem por muito tempo, outros sofrem pelos erros cometidos e os espíritos evoluídos despertam quase que automaticamente.

Se você ler a série completa entenderá que o tempo e o local para onde o espírito é levado varia de acordo com a sua conduta enquanto encarnado e o desprendimento com o mundo físico.


Assunto: mediunidade Data : 08/05/2008
Pergunta:

sou terapeuta e descobri que com certas terapias ,os meus clientes entram em transe e conversam com desencarnados,e ate mesmo sofrem uma regressão ,e começam a me confidenciar coisas de suas intimidades,fico com receio de fazer certas terapias ,pois posso acabar mexendo e falando coisas que nao podem ser ditas,gostaria de saber como eu faço para lidar com isso e para me proteger de energias negativas.pois tenho medo de afetar minha familia e meu filho.

Resposta:

Olá,

seu receio tem motivo, você está mexendo com o que desconhece.

Não induza regressões ou entre em contato com desencarnados sem que antes esteja preparada e tenha conhecimento e segurança suficiente para fazê-lo.

Você deve estudar o Livro do Espíritos, Livro dos Médiuns, frequentar um centro, assistir palestras, etc..

Quando estiver preparada para o trabalho os que te acompanham acabarão arrumando uma forma de entrar em contato, seja ele direto ou indireto.


Assunto: desencarnaçao Data : 24/06/2008
Pergunta:

ola gostaria de fazer uma pergunta meu irmao quando desencarnou minha irma estava junto dele no momento e ela assistiu a tudo o que a deixou muito pertubada ate hoje fazem 1 ano porque isso aconteceu. muito obrigada

Resposta:

É difícil explicar o real motivo, podemos levantar algumas suposições:

- Os espíritos desejavam mostrar que o irmão que estava desencarnando ficaria bem, que estava amparado.

- Comprovar para a família e para a pessoa que viu todo o processo a existência da vida após a morte.

- Mediunidade aflorada daquela que viu todo o processo.


Assunto: medo de morrer Data : 02/07/2008
Pergunta:

ola gostaria de tirar uma duvida que me pertuba a muito tempo sou cardecista sei que nao morremos mas nao consigo tirar de mim a sensaçao do momento do velorio sinto que vou ver tudo e do tumulo nao sei se me espressei bem e aquela agonia de estar ali ja superei muitas coisas a respeito hoje nao tenho mas medo de ir ao cemiterio e nem de pessoas falecidas entendo que elas nao estao ali mas dentro de mim ainda tenho esse medo antes eu queria ate ser cremada mas hoje ja nao penso mais muito obrigado tenho aprendido muito que deus ilumine esse trabalho de voces.

Resposta:

Existem poucas certezas na vida.... a mais certa é que todos vamos morrer um dia.

Viver pensando como será o momento do desencarne não é uma forma muito boa de encarar o problema.

Aproveite sua vida, seja feliz, ajude o próximo, cultive virtudes louváveis aos olhos de Deus, para que não falte nada no dia de sua volta.


Assunto: cordão de prata Data : 04/08/2008
Pergunta:

Após o desligamento do cordão de prata com o corpo físico, o que ocorre com este cordão? Esses flúidos retornam para o perispírito?

Que a paz do Senhor esteja sempre presente em nossos corações.

Suely Vaz

Resposta:

Esta resposta foi dada pela minha querida amiga Narci....

O cordão de prata é uma radiação do chakra, ao se romper, ele é assimilado pelo chakra e se desfaz juntamente com o duplo etérico. No suicida como não é feito o desligamento pelas entidades responsáveis, o espírito fica ligado aos seus despojos até a desintegração dos mesmos.


Assunto: Espírito encarnado Data : 10/08/2008
Pergunta:

Gostaria de saber qual a distância vibratória existente entre o corpo físico, duplo etérico, perispírito e espírito?

Desejo que as bênçãos dos irmãos de luz, ilumine cada vez mais sua caminhada de progresso e que você se mantenha nessa missão de iluminar as mentes sedentas de conhecimentos.

Que Deus te proteja!

Abraços, Suely Vaz

Resposta:

Não sei se entendi bem a pergunta.

Vou responder conforme o conhecimento que possuo.

Os três primeiros corpos que você informou podem ser separados da seguinte forma:

- físico

- duplo

- perispírito = corpo astral + corpo mental inferior.

A diferença entre eles não é bem distância e sim a matéria que os compõem, que é mais expansiva e flexível, por isso o corpo etérico envolve o corpo físico, o mesmo acontecendo com o corpo astral e mental inferior e assim por diante.

Existem corpos ainda mais sutis, até chegar a mônada ou centelha divina, que acredito ser o signficado que você deu ao termo "espírito". O estudo desses corpos foge ao meu conhecimento.

O alcance de cada corpo varia com a evolução espiritual.

Você poderá obter maiores informações sobre as auras, cores e os corpos que o espírito utiliza no Livro Projetando Luz - Um Guia de Aprendizado espiritual, escrito pela grande amiga Narci Castro de Souza. O livro pode ser adquirido no site http://www.franciscodeassis.org.br. No mesmo site tem um estudo a distância sobre o livro.

Outro livro interessante é O Homem Visível e Invísivel e Chakras (mais duplo etérico), ambos de C.W. Leadbeater


Assunto: Desencarne Data : 12/08/2008
Pergunta:

Ultimamente tenho tido momentos que sinto imensa saudade do plano espiritual. Sei que é contraditório, pois é óbvio que estou viva, e que como matéria, não tenho nenhuma lembrança consciênte da vida espiritual.São sensações, insites, às vezes sou tomada de imensa felicidade (de algo que se aproxima) outras vezes e uma enorme saudade. O que pode significar? Como devo proceder?

Muita luz! Obrigada

Resposta:

Acredito, na minha humilde opinião, que está interpretando de forma errada as sensações.

Você provavelmente é médium e por isso é sensível ao contato espiritual.

A saudade ao plano espiritual é uma forma que muitos encontram para achar que a vida não tem importância. Embora o outro lado da vida seja muito melhor, é na Terra que alcançamos o merecimento de habitar os locais celestes do outro lado. Aqui exercitamos as qualidades consolidadas em nossa essência e batalhamos por conquistar novas, caminhando para a libertarão dos ciclos reencarnatórios.

Você deve estudar para entender mais sobre o plano espiritual e buscar entender sua sensibilidade espiritual.

Alguns médiuns têm lembrança das sensações do mundo espiritual, mas nunca deixe isso fazer com que você deseje voltar ao plano espiritual.


Assunto: Ataque Cardiaco Data : 12/11/2008
Pergunta:

E quando o desencarne acontece subitamente, sem uma doença prévia e nem acidente?

Resposta:

O cordão de prata que liga o espírito só é cortado de forma abrupta em tragédias.

Ataque cardíaco segue o mesmo processo de falência do corpo físico, onde existe um processo desencarnatório (ler no artigo as variações do processo que estão ligadas ao merecimento do espírito).


Assunto: Qual a explicação? Data : 17/11/2008
Pergunta:

Meu pai desencarnou há 5 anos atrás e já apareceu várias vezes em sonhos que tive, me orientando ou mostrando que está bem.

Um querido amigo meu, já idoso e adoentado, faleceu há 14 dias atrás. Dois dias após ele desencarnar, eu o vi num sonho, e ele estava bem , parecia como quem estava despertando para uma nova etapa e estava envolvido por uma luz branca.

Na semana passada, quando tinham completado 12 dias do falecimento dele, eu passei por um grande desgosto com uma pessoa, que me magoou bastante levando-me até ao desespero e pranto. À noite eu sonhei com meu amigo desencarnado, mas vi ele deitado numa cama e chorando muito. Isso tem a ver com o problema que passei durante o dia? Ele sempre foi muito preocupado comigo.

Resposta:

Um espírito que esteja equilibrado e vinculado aos espíritos do bem não ficará deitado em uma cama chorando devido a um desgosto que você sofreu.

Podem ter acontecido várias coisas, entre elas o seu amigo não ter aproveitado a oportunidade de se vincular a espiritualidade superior, ele pode se negar e decidir viver próximo a você, isso seria possível, mas não seria bom para nenhuma das partes.

É importante entender que você não deve ficar o chamando ou pensando nele, ore por ele, para que esteja em paz, mas não fique lamentando a sua falta.


Assunto: Diferentes tipos de desencarne Data : 18/11/2008
Pergunta:

A energia negativa que circula no individuo numa desencarnação abrupta (assassinato por exemplo), é grande. Como esta energia é trabalhada? Ela interfere no fluido vital?

E ainda neste caso, sabendo que o fluido vital é necessário para trabalhos de recuperação do perispirito, existe a possibilidade de reaproveitamento destes fluidos para este fim? Favor citar livros para que eu possa estudar estes casos.

Resposta:

A energia etérica (física) que circula no indivíduo é retirada pelos espíritos responsáveis pelo processo de desencarnação e devolvida a natureza (para espíritos que possuem merecimento).

O perispírito é composto de elementos dos planos superiores, por isso não são utilizados elementos físicos para sua recuperação.

Somente espíritos apegados ao corpo, que não desejam voltar ao mundo espiritual e não possuem merecimento para receber o auxílio, ficam envoltos de matéria etérica após o desencarne, sendo alvos de vampiros e obsessores que ainda estão apegados a essas energias.

Existe um dos artigos da série que fala sobre esse assunto com maior profundidade, citando até passagens dos livros de Chico Xavier e André Luiz.


Assunto: Comunicação logo Pós - desenlaçe Data : 23/11/2008
Pergunta:

Já te escrevi anteriormente, mas tenho dúvidas, sou da igreja Presbiteriana, mas não consigo encontrar respostas. Meu pai faleceu de um ataque cardíaco fulminante em uma viagem de ferias com a família, eu estava ao seu lado. Uma semana depois, ele apareceu para minha mãe e disse que tinha visto minha vó, meu avô e que agora ele não sentia mais dor, nem fome e que enxergava perfeitamente ( pois em vida estava com a visão debilitada), como estavamos muito longe o velório do meu pai se resumiu a mim(filha única), minha mãe e meu marido, foi realmente muito tranquilo apesar da dor.

Minha pergunta é: È possível uma comunicação tão rápida? Pelas palavras de meu pai posterior a seu desencarne, ele foi logo aparado por espiritos superiores?

Por favor me ajude a entender.

Que Deus te abençoe!

Resposta:

Não existe uma regra, existem pessoas que ainda não se desligaram do corpo físico, ou seja, estão sendo desligadas pelas equipes espirituais (leia o livro Voltei de André Luiz para obter mais detalhes) e desejam se despedir daqueles que vão ficar.

Não tenho como validar o fato citado, contudo, é possível que tenha acontecido.


Assunto: mediunidade. Data : 03/08/2009
Pergunta:

Por que alguns médiuns sentem todas as senções,da manifestação do espírito principalmente em caso de suicídio.

Resposta:

Porque quando o médium se liga ao espírito ele passa sentir as sensações e pensamentos do espírito. No caso do suicídio o espírito infrator ficar revivendo o ato criminoso o tempo todo.

Para maiores informações leia o livro Memórias de um Suicida, ajudará muito no seu estudo.


Assunto: desencarne Data : 03/08/2009
Pergunta:

gostaria de saber,se uma pessoa está enferma ja algum tempo,por orvedose de remédios,e por causa da dose alta de um remédio ela sofre uma parada cardiáca,e desencarna,ela recebe neste momento o auxilio espiritual,ou ela chega no mundo espiritual como suicida,ou ela é resgatada e levada para um hospital das colonias.

Resposta:

Cada caso é um caso e é avaliado pela espiritualidade.

Não conhecemos um caso por completo, mesmo quando temos um parente enfermo não conhecemos seu passado espiritual e fatos importantes da sua vida.

Tudo é levado em conta pela espiritualidade.

O livro Nosso Lar pode lhe ajudar a entender um pouco mais sobre suicidio inconsciente.


Assunto: pergunta Data : 28/08/2009
Pergunta:

Minha mae faleceu no dia 23/08/09,estava enferma a 40 dias com tumor cerebral, nao movia um dedo sequer.Neste dia por volta das 15hs minha irma sentou perto da minha mae disse para ela que se Deus estivesse chamando ela,era prá ela ir, que nos iria suportar a dor da sua ausencia,que iriamos cuidar do nosso irmao que ela se preocupava tanto.Logo senti um sono insuportavel deitei e dormi,alguns minutos depois meu irmao me chamou,ela morreu nos meus braços e da minha irma ,só que eu pedia prá ela ter forças e nao ir.Depois,pedi prá ela prometer vir me buscar.Tenho medo que ela esteja sofrendo por causa disso.Preciso saber se ela esta bem se nao prejudiquei ela,pois a amo muito!

Resposta:

Olá,

no momento da tristeza você pode falar coisas que não são o que você realmente deseja. Ela comprrenderá isso.

Ore por ela, para que siga o seu caminho de paz, ela receberá essas vibrações e não se preocupe porque todos somos amparados pelos amigos espirituais.


Assunto: ha como prever ou sentir o proprio desencarne? Data : 10/10/2009
Pergunta:

Ola me chamo Debora e sou iniciante na doutrina espirita tenho muitas duvidas, nao tinha religiao ou seguia qualqueroutra doutrina mas sempre me senti atraida pela doutrin espirita , entao a quse dois anos euencontrei uma pessoa da qual amo de um jeito que nao tem explicaçao , e ele tem uma sensibidade um tanto alta ,entao diante disto me vi envlvida nesta maravilhosa doutrina ,que foi aunica que conseguiu me explicar algumas coisas sobre avida e amorte mas tenho muitas inumeras perguntas, uma delas e se podemos prsentir nosso proprio desencarne , no falo de pessoas doentes , mas sim de pessoas que nao tem aparentemente nada , desencarnes repentinos como por exemplo ataque cardiaco ou acidente ou aneurisma essas coisas imprevisiveis,pois venho sonhando a muito com pessoas amigas mas que ja faleceram, no sonho essa pessoa se mostra um pouco cansada ,sempre esta vindo do trabalho, estaria essa pessoa me avisando de algo ou precsando de oraçoes? e tb sonhei com uma especie de colonia para crianças enfermas , nem sei se ha esse tipo de colonia no mundo espiritual, mas sonhei que eu estava la ajudando a consolar crianças que estavam com cancer , la eu trazia alegria , parecia um lugar bom demais , onde o ar era ageadvel tinha grama verdinha , as crianças a em sua maioria estavam enfermas mas todas alegres e todas meninas, em sua maioria carequinhas com roupas clarinhas vestidinhos clarinhos,a mim pareceu uma colonia espiritual,seria isso uma indicaçao que posso partir breve, pois neste dia hj no caso , acordei com o coraçao apertado ,e sentindo que algumas coisas nao vou poder realizar, seria isso um aviso?

desde ja agradeço e peço a Deus que o proteja sempre e ilumine seus caminhos todos o moments , beijos no coraçao ,e braços fraternos.

Resposta:

Não acredito que seu sonho seja um aviso, mas pode ser uma lembrança de atividades que realiza no plano espiritual durante o sono, mas não posso afirmar com certeza.

Quanto a pressentir desencarne isso vai depender da evolução do espírito, do seu merecimento e do momento em que se encontra. A grande maioria das pessoas que pressente o desencarne retém mais ou menos nítida a lembrança de conversas com espíritos amigos que informam sobre o possível acontecimento. Alguns não retém essa informação, mas seu espírito sabendo do momento próximo decidem resolver pendências desta vida, aproveitam os últimos momentos, e é por esse motivo que vemos pessoas próximas ao desencarne perdoando, reatando laços e esforçando-se por cumprir tarefas que não gostariam de deixar incompletas.


Assunto: Suicídio Data : 12/10/2009
Pergunta:

OI,

Minha avó casou com 14 anos e por 14 anos viveu uma vida muito sofrida, com muitas surras causadas pelo seu esposo, meu avô, ela separou com 28 anos e passou por momentos mais sofridos ainda, pois ela e seus filhos precisaram trabalhar muito para se manter, mas passaram fome e em várias ocasiões tiveram apenas chá sem açúcar com farinha para alimentar-se. Aos trinta e três anos ela sucumbiu ao sofirmento e ateou fogo em seu próprio corpo. Isso ocorreu provavelmente em 1972. Eu gostaria de saber se já houve tempo para ela reencarnar ou se ela ainda sofre por consequência do seu ato.

Resposta:

Não tenho como responder se ela está ou não encarnada.

Geralmente o espírito suicida sofre longos anos em regiões umbralinas da espiritualidade inferior e depois é socorrido para devido reequilíbrio. O que acontece depois varia muito.

Encarnada ou desencarnada ela ainda sofre as conseqüências do seu ato assassino.

Mas lembre-se que suas preces pela sua recuperação a ajudam onde quer que esteja, ore sempre pela sua recuperação.

Se quiser estudar um pouco mais sobre suicídio leia o livro Memórias de um Suicida.


Assunto: Aborto Data : 27/10/2009
Pergunta:

O que acontece com o abortado? Ele entende seu desencarne?

Resposta:

Olá, depende muito do estado evolutivo em que ele se encontra.

A mãe cria uma "brecha espiritual", permitindo que seja obsediada pelo espírito abortado ou outros.

Todos os espíritos abortados são amparados pela espiritualidade, contudo, nem todos aceitam a ajuda oferecida, alguns voltam-se contra a mãe cruel e tornam-se seus verdugos.


Assunto: Data : 27/11/2009
Pergunta:

Na verdade o que tenho a relatar são experiências vividas por mim e muitas dúvidas também. Eu conheci uma pessoa maravilhosa, que após algum tempo tornou-se uma grande amiga pra mim, na verdade, foi como se ela fosse minha irmã. xxxxxx morava em outro estado e eu em Sergipe. Nós matinha-mos muito contato via internet, mas um dia, precisamente no meio do mês de março de 2009 eu não tive mais notícias dela, ao invés disso eu ficava sentindo-a do meu lado, como se ela tivesse desencarnado. A presença de xxxxxx me passava uma sensação aflita, como se ela estivesse sofrendo, triste, não sei explicar. Após 1 mês se notícias dela e sentindo essas coisas, ao dormir (sou espírita e sei que quando dormimos nosso espírito continua em atividade) tive um sonho com ela, eu a via num hospital, vegetando, com a cabeça toda enrolada, e eu chorava muito. Tive esse "contato" por 3 vezes no período de 4 meses. No mês de outubro de 2009 eu recebi um e-mail da irmã dela, e a priori fiquei desesperada, pois a irmã dela me diz no e-mail que nossa bonequinha havia sofrido um acidente de carro gravíssimo em março de 2009, e que desde então Andréa estava em coma. Eu fiquei impressionada, porque eu nunca tinha passado por essa experiência. no dia 20 de outubro de 2009, fui ao centro espírita, e quando voltei comentava com meu esposo todos os procedimentos de como os médicos constatam a morte do paciente em coma. às 23:00 do mesmo dia eu acordei com a triste notícia anunciada por meu esposo que xxxxxx havia desencarnado. Na hora, mesmo sabendo que meu sofrimento e de todos que a amam cairiam sobre o seu espírito e atrapalharia sua jornada, eu me desesperei, e logo logo senti um calor abrasador, como um braço, e senti um corforto imediato. Até hoje, 30 dias após seu desencarne eu a sinto perto de mim, o que está acontecendo agora. Eu gostaria de entender isso, já que quando vou às reuniões, eu tenho vergonha de ir até um médium e conversar. Fico grata desde já se eu obtiver resposta! Sem mais, ficam meus votos de estima e consideração. Paz de DEUS a todos.

Resposta:

Olá,

não sinta vergonha, todos somos ainda humanos e cada um tem sua fraqueza, contudo, conforme tomamos consciência da eternidade da alma e do amor absoluto do Pai, os acontecimentos tomam outra forma e cai a névoa que embaça nossa visão espiritual.

Seu exemplo mostra uma forte ligação espiritual, que advém de outras vidas e por isso ocorreram tantos acontecimentos.

Lendo os livros de André Luiz (psicografados por Chico Xavier) e o Livro dos Espíritos você obterá as respostas que necessita.

Não fique chamando por sua amiga, ore para que ela siga em paz, entenda que o amor alcança o espírito onde ele estiver, se você realmente a ama então vibre por ela, pois agora ela deverá seguir um outro caminho até chegar o momento do seu novo mergulho na carne.


Assunto: Suicidio e ambiente Data : 18/01/2010
Pergunta:

Estou comprando uma casa para reabrir nosso Espaço de Terapia Holistica ,gostamos muito do imóvel pois fica próximo do metro a casa é linda do jeito que sonhamos , mas ficamos sabendo por um vizinho que o motorista da senhora que era proprietária da casa se enforcou lá dentro , pois este motorista dedicou muitos anos da vida dele para a ex-proprietária e depois ela o demitiu sem beneficiá-lo , podemos ser prejudicados energeticamente com este espirito , é claro que vamos fazer uma limpeza espiritual na casa,como devo proceder?

Grata desde d já pela ajuda .

Resposta:

Olá,

não temos como saber se o espírito suicida continua no ambiente. Uma boa parte dos espíritos suicidas são levados por afinidade vibratório para o "Vale dos Suicidas", onde expurgam o período de vida que ainda teriam durante esta encarnação.

Caso constatem problemas no local então deverão ir até um centro espirita sério e solicitar o tratamento de desobsessão.

Seria interessante realizar neste local, semanalmente, uma reunião de estudo do Evangelho, isso seria, sem sombra de dúvida, a melhor opção para incialmente limpar e depois imunizar o ambiente contra energias negativas.


Assunto: minha filha Data : 12/03/2010
Pergunta:

minha filha tinha 7 mêses quando faleceu em uma UTI no dia 25/12/2009 pois ficou 9 dia tratando de uma infeção o nome dela é Lyvia piacentini,hoje sofro muito sem respostas se está bem pois eu a amo demais.Tive sonhado que fui ao outro lado de tão lindo que até esqueci meu nome e vi Deus ,sonhei com minha avó me pedindo para confiar em Deus e depoi vi minha filha em uma maca num lugar branco e ela de roupinha salmão dormindo ande alguém me pediu para não acordala pois estava descançando e que ela iria se alimentar de luz e que só iria conhecer minha voz. Mas estou morrendo de saudade dela e agora não consigo nem penssar em um dia ter outro bêbe porque o meu amor é tão grande por ela que não saberia lidar com esta situação pois o lugar é só dela e no dia 22/05/2010 eu vou comprar um bolo e vou levar ao um orfanato para comemorar o aniverssário de um ano dela.Eu estou fazendo mal a ela e se o fato de chorar de saudade faz mal a ela pois me faz tanta falta obrigada pela atenção.

Resposta:

Olá,

a saudade é inevitável, pedir que você não tenha saudade seria muita falta de sensibilidade, contudo, o que a espiritualidade lhe mostrou através da infinita bondade de Jesus é que sua filha está bem e você precisa acreditar nisso e vibrar pela recuperação dela.

Ficar chamando por ela ou se incorfomando com o que aconteceu realmente atrapalhará sua harmonização.

Continue sua caminhada querida irmã, acredite na infinita misericórdia de nosso pai, não deixe que as dificuldades que a vida lhe traz atrapalhem sua felicidade.

Sempre que a tristeza aparecer ore junto com Maria, a mãe divina e você não se sentirá sozinha.


Assunto: Desencarnação Data : 30/04/2010
Pergunta:

Olá, eu li o artigo e todas as perguntas e respostas. Mas ainda não estou conseguindo entender algumas coisas que aconteceram na minha família. Meu pai desencarnou em dezembro de 2009, estava internado há 4 dias na UTI por insuficiência cardíaca. No dia que ele desencarnou eu tinha voltado ao trabalho, por exigência dele mesmo que antes de ser entubado me pediu que eu fosse trabalhar. Durante as primeiras horas da manhã me ligaram do hospital me avisando do seu falecimento, como sou médica pedi que caso isso ocorresse me avisassem primeiro para eu avisar o restante da minha família. No entanto quando cheguei em casa para dar a notícia para minha mãe, antes que eu falasse, ela mesma me contou que meu pai havia falecido, pois ela tinha certeza que ele esteve ali se despedindo dela. Ela conta que adormeceu no sofá e que meu pai chegou em casa pedindo um abraço , ela afirma que não foi sonho e que até sentiu o calor do corpo dele a abraçando.Isso coincidiu com o horário do atestado de óbito. Gostaria de saber se é possível que ele tenha tido o entendimento de sua condição e pedido a permissão de se despedir dela? Os dois de alguma forma tiveram merecimento para isso. Mas nesse momento ele ainda estava preso pelo cordão de prata? Ou o desenlace já havia sido feito? Depois disso minha mãe conta que sonhou com ele algumas vezes, mas que realmente foram sonhos, ela consegue discernir um sonho de um encontro. Quatro meses após o desencarne minha mãe sentiu alguém ao seu lado por alguns segundos, não viu ninguém, mas sentiu o calor do corpo de alguém ao seu lado andando na rua, e nesse mesmo dia a noite ela afirma que sentiu meu pai tocando em seu braço como ele fazia quando ela roncava, rs... Será que ele se aproximou de manhã,e ela por não o reconhecer, ele realizou algo que ela o identificaria? Ele quer mostrar que está próximo? Durante o dia todo ela não sentiu mais a presença dele. Será que ele está vagando ou só veio visitá-la?

Obrigada por me ajudar nessas dúvidas.Quanto mais leio,mais respostas diversas encontro.

Abraços,

Ivone

Resposta:

Olá,

a despedida daquele que parte para o outro mundo como forma de demonstrar carinho e afeição ocorre inúmeras vezes, muitas pessoas relatam o fato.

Mas os espíritos devem seguir o seu caminho, por isso sua mãe não mais o sentiu e vocês não devem ficar chamando por ele. Envolva-o em suas preces mais sinceras de afeição e reconhecimento, desejando para ele os mais sinceros votos de paz e luz no novo caminho que trilha.

Os espíritos que aceitam sua nova situação e não possuem graves comprometimentos espirituais são levados por amigos espirituais para colônias onde ficarão trabalhando e aprendendo até a próxima oportunidade reencarnatória.


Assunto: nossa filha que faleceu Data : 26/05/2010
Pergunta:

Somos um casal que perdeu a filha ao nascer,dia 7 de Março passado.Minha esposa nao se conforma,a nossa filha faleceu no utero da mae aos oito meses e meio de gestaçao.Era saudavel,4 kilos de peso,e para complicar mais ainda nossa cabeça a autopsia feita nela nao encontrou nada de errado.Espiritualmente se pode saber o que aconteceu?Tem possibilidade que ela reencarne numa prossima gravidez?Obrigado e Deus lhe abençoe.

Resposta:

Sim, é possível, mas não garantido que ela reencarne na mesma família.

Compreenda irmão que esses fatos infelizes não acontecem sem a permissão do Pai, que é puro amor e bondade.

Devemos aceitar seus designios com amor e resignação, pois a mesma mão que um dia tira em outro dá.

No Livro dos Espíritos você encontrará exemplos de compromissos espirituais que podem gerar uma situação como essa, mas substitua a busca pela causa pelo conhecimento que eleva, pela fé que harmoniza.

Nunca deixe de acreditar no Divino Amigo, que caminha lado a lado conosco, nas alegrias e nas tristezas.

Solicite um tratamento espiritual para vocês dois no site do Grupo PAS.


Assunto: O que fazer? Data : 30/05/2010
Pergunta:

Perdi meu pai,e não consigo me desfazer das suas coisas...seu querto continua do mesmo jeito,até o cheiro dele permaneçe lá...choro quase todos os dias de saudade e não me conformo,ele me visitou em sonho apenas 1 vez e por mais que eu peça,eu não consigo mais sonhar com ele...tenho frequentando centros espiritas,mas não tenho notícias...e jurei para mim que se ele não me pedir,não irei desfazer o quarto dele..não sei se isso é prejudicial a ele neste momento,mas,é minha única forma de sentir ainda o que resta do cheiro de suas roupas,de olhar suas fotos.

O que faço?Porque ele não se comunica comigo?Estou sofrendo muito e as vezes me sinto desaminada desta vida...

Resposta:

Se você ler nossa série de artigos sobre desencarnação perceberá que está equivocada em sua postura e além de gerar sofrimento para si está atrapalhando o caminho do seu pai.

Solicito que leia a série de artigos que publicamos sobre Desencarnação.


Assunto: Praticamente um suicídio? Data : 06/07/2010
Pergunta:

Olá..

Meu nome é Carol e há 8 dias atrás, um amigo desencarnou abruptamente.

Ele tinha acabado de completar 19 anos, e levava uma vida desregrada, fazendo uso de drogas e prejudicando várias pessoas, pois ele era ladrão.

Independente disso, todos que o conheciam o adoravam pois era um menino cativante.

Ele faleceu por conta de sua própria imprudência, num acidente de moto provocado por ele mesmo, ao atravessar um cruzamente sem olhar para os lados.

Com ele estava um outro rapaz, que também faleceu na hora.

Eu gostaria de saber o que pode estar acontecendo com ele, se ele está bem e como eu posso ajudar...

Eu senti muito a morte dele, estou muito triste, não consigo pensar em outra coisa, e sei que isso faz muito mal a ele.

E eu também não estou entendendo o real motivo desses sentimentos, pois nós não éramos tão ligados assim...

Se vc puder me ajudar...

Obrigada

Carol

Resposta:

Olá,

não podemos saber ao certo o que acontece, contudo, você deve evitar pensar nele pois isso o atrairá e é possível que se inicie o processo de obsessão inicial, o que muitos chamam de encosto, mas como disse anteriormente, não temos como afirmar nada.

Pelo que você informou a situação do seu amigo no mundo espiritual não será boa, a forma de você ajudar é orar, solicitando a Deus que o ajude, mas não fique pensando nele.

A Fraternidade Francisco de Assis - Casa de Bezerra de Menezes - http://www.franciscodeassis.org.br realiza um trabalho de prece para desencarnados, você pode cadastrá-lo através do site ajudá-lo.


Assunto: desencarne marido Data : 26/07/2010
Pergunta:

meu marido antes de entrar em coma disse -me que estava sofrendo muito. meu deus porque estou sofrendo tanto vc n tem ideia. tivi um encontro com mamae e meu irmao. logo teve convulsao e no outro dia entrou em coma induzido e, veio a obto dai a 14 dias. gostaria de saber se esse sofrimento todo e esse encontro. teria sido seu irmao e mae que fizeram o desligamento? se o levaram para uma colonia socorrista? sera que ele esta bem nao consigo parar de pensar nele.

Resposta:

Leia nossa série de artigos sobre desencarnação, ficar pensando nele e no seu sofrimento fazem muito mal a pessoa que partiu.

Os familiares vieram visitá-lo provalvemente para avisá-lo que em breve estariam juntos.

A série de artigos que publicamos sobre desencarnação responde as suas perguntas e traz inúmeras recomendações sobre a postura que devemos ter após o desencarne da pessoa amada.


Assunto: suicidio Data : 20/08/2010
Pergunta:

antes de jogar-se da janela do meu apartamento,meu cunhado disse cerrando os dentes e apertando-me os braços com força;mas eu te amo!

eu respondi:me deixa em paz!

ele virou-se e pulou do quarto andar do predio e morreu.isto ocorreu em 2005.estou com problemas de saude que n curam e disseram-me que ele pode estar comigo.como saber se é ele e por que fica me prejudicando?

Resposta:

Inicie a frequência a um centro espírita para participar das palestras e receber passes.

Converse com o responsável pelo atendimento fraterno para realizar um tratamento de desobsessão e explique o seu problema.

Você será auxiliada pela equipe espiritua da casa.


Assunto: minha filha morreu Data : 26/08/2010
Pergunta:

Olá Irmão. Faz um ano que a minha filha desencarnou. Afogamento. Ela tinha ido passear com o avô (meu pai) e na quinta de um amigo, ao fim da tarde, ela caíu na piscina sem ninguem ver, quando o meu pai foi procurá-la já estava morta. Fiquei louca. Eu não estava lá. Venho de uma familia Espírita o q me ajuda um pouco, mas depois há o outro lado, a mãe enlutada.Ela sentia uma agunstia no peito, dizia q tinha uma coisa triste dentro do peito, eu própria fui avisada um mês antes q ía ter um grande desgosto, mas nunca pensei numa coisa destas! Há mts meses que minha avó era alertada para uma morte trágica na familia. Na semana anterior ao acidente eu desenvolvi um pavor enorme de andar sózinha na rua, nem ía ao wc sózinha, tinha um medo terrivel, ou seja já estava a pressentir. Há coisa de uns meses fiz uma leitura da aura e foi-me dito q ela é um anjo, um ser superior mt evoluido que só vei cá porque se ofereceu p me ajudar no meu carma. Sonho mt com ela, mas nada fala, só sorri, sei q está bem. A minha vida deu uma grande volta e ainda não encontrei rumo certo. No mei de tudo isto zanguei-me com Deus. Sempre fui mt crente, mas Ele foi mt duro comigo, tou mt magoada com Ele. às vezes sinto-me mt deserientada. Gostava q ela falasse comigo nos sonhos e me desse algum conselho.

Resposta:

Querida irmã,

você pode ficar brava, desacreditar de Deus, mas ELE nunca desistirá de você.

Fica muito difícil explicar uma prova dura como essa em uma espaço mínimo que é uma vida.

A separação que agora se faz também é mínima, o que são 40 ou 50 anos diante da eternidade?

Contudo, mesmo sendo ele é importantíssimo e poderá alongar ou encurtar a sua dor. Se você insistir no padrão mental e emocional que se encontra se distanciará cada vez mais da filha que tanto ama, e, ao desencarnar não poderá encontrá-la, por não haver merecimento e por não poder entrar em sintonia com o plano que ela habita. Isso não é castigo, é uma lei de afinidade, que educa os espíritos rebeldes.

Modifique-se enquanto há tempo, aproveite as oportunidades que a vida lhe dá.

Quantas crianças estão no abrigos sem que ninguém possa por elas dar um sorrisso, um carinho. Quantas passam fome? Necessidades?

Existe um campo enorme de trabalho para expandir o seu amor, compartilhá-lo com aqueles que ainda se encontram aqui, nas mais duras provas de redenção.

Ampliando os horizontes do seu amor encontrará novamente dentro de si o significado do amor de DEUS e tudo ficará mais claro, mas suave. Você também ficará cada vez mais próxima de sua filha querida e poderá em sonhos e ao desencarnar voltar a vê-la.

Mas tudo isso depende de você, de como você levará a sua vida.

Aconselho a você iniciar a frequencia a um centro espírita sério, lá você encontrará o carinho do atendimento fraterno e poderá encontrar um lenitivo para sua dor nas palestras que falam sobre o mundo espiritual e nos passes, que aos poucos ajudarão no seu reequilíbrio.


Assunto: desencarne Data : 11/09/2010
Pergunta:

Durante 53 anos vivi com minha mãe. Uma sempre com a outra.Nos últimos tempos ela estava muito doente e dizia-se cansada de carregar seu corpo, mas acredito que ainda permanecia devido a sua preocupação comigo. Um dia quando rezava do meu quarto para ela que estava na sala, vi uma homem no alto, com uma veste azul, com os braços esticados em direção a minha mãe.Pressenti que ela iria morrer.Me dirigi a ela, deitei ao seu lado e pedi perdão por tudo que eu achei ter feito de errado, agradeci a mãe maravilhosa que Deus havia me enviado e disse que a amava muito. Ela apertou minha mão sem dizer nada.Fui dormir chorando e pela manhã ela estava inconsciente. Chamei a ambulância e ela foi levada ao hospital.Lá na emergência, vi novamente o mesmo homem no alto com sua veste azul, em direção a ela. Só eu via, mais ninguém.Ela teve 2 paradas cardíacas e faleceu.

Não sei se eu projetei a imagem, se era o seu mentor(e me foi permitido ver), mas lá no fundo quero acreditar que ela foi amparada em sua passagem.

Resposta:

Todos somos amparados pela espiritualidade superior, alguns possuem mais méritos que outros, mas todos recebemos o auxílio no ingresso para o mundo espiritual. Essa informação está em um dos artigos sobre desencarnação.


Assunto: pensamento em desencarnado Data : 16/09/2010
Pergunta:

Meu pai,mãe,irmão,desencanaram e me desliguei

rápido,mais minha companheira,desencarnada em 26Mar2010, não consigo parar de pensar nela,sou espirita sei que estou errado.gostaria de algum conselho.

ficam com Deus no coração.

Resposta:

Querido irmão,

a leitura espírita é saudável e nos traz muitos ensinamentos importantes, contudo, a vivência dos ensinamentos é muito mais difícil, será ela que nos mostrará o quanto nos transformamos e quanto nosso espírito realmente evoluiu.

Aquele que vivencia os ensinamentos espíritas deve acreditar que a vida não cessa, que a morte não nos separa e que a vida deve continuar, pois reencontraremos a todos em breve tempo, a vida é um espaço muito pequeno de tempo diante da eternidade.

Nossa saudade para com os que partiram deve ser saudável, impregnada de vibrações positivas de bom ânimo e fé.

O verdadeiro amor caro irmão, não exige, compreende e ampara, não importando a distância ou o tempo de separação. A sua tristeza atrapalha a irmã, ela pode se sentir ressentida, imaginando-se culpada pela sua tristeza, por isso, transforme o seu pensamento e siga as recomendações do inesquecível Chico Xavier:

"Ore para lembrar de Deus e trabalhe pelo próximo para esquecer de você"

Canalize o amor que sente por ela para crianças abandonadas, vovôs e vovós sem amparo e irmãos moradores de rua, aproveite o tempo que lhe resta nesta encarnação para crescer rumo as esferas superiores de paz e amor.


Assunto: Obra André Luiz - Obreiros da vida eterna Data : 28/09/2010
Pergunta:

Olá, Estou estudando o livro Obreiros da Vida Eterna de André Luiz, e fiquei com uma dúvida, em uma passagem em que André Luiz está na casa transitória onde era feito os últimos socorro antes do fogo que ali seria passado, gostaria de saber como ficaram as almas que não foram recolhidas?, não vi no livro que fim foi dada a essas almas sofredora e endurecidas que ali ficaram?

meu abraço e fico no aguardo.

Resposta:

Não me lembro exatamente da passagem, mas o espírito não desencarna novamente, creio que as entidades sentem de alguma forma dor ou angústia, mas não tenho como informar o que exatamente acontece.


Assunto: auxilio Data : 13/10/2010
Pergunta:

Sempre escutei algumas coisas, ou sonhava mas aos 13 anos de idade tenho certeza do que vi...foi todo o deselace do meu avô que faleceu no dia que teria alta do hospital(mas este se encontrava em transe falando de fatos da 2ºguerra muldial, que estava com lepra, etc)apartir dai tive um imenso pavor e pedi a Deus profundamente para não ver ..ouvir mais nada...nessa época cheguei a frequentar o centro BEZERRA DE MENEZES..mas acredite nunca mais ...se quer sonhei...e hj me arrependo muito do que pedi..já pedi a Deus que se me fosse digno compreendesse que eu era uma criança...mas acho que na verdade hj não devo ser merecedora..só pode!!!!apesar te tudo que fiz depois.....

Resposta:

Deus não castiga os seus filhos, qual o seu objetivo em "ver" o mundo espiritual? Em tudo que pedimos devemos ter um objetivo elevado, que auxilie nosso crescimento interior ou que possa ser utilizado em favor daqueles que sofrem.

Aconselho a você estudar para conhecer um pouco mais sobre o assunto e compreendê-lo, leia primeiramente O Livro dos Espíritos e depois O Livro dos Médiuns, ambos de Allan Kardec.

Para crescer no amor, na solidariedade e na sabedoria não é necessário enxergar o mundo espiritual, mas sim o mundo interior, esforçando-se por transformá-lo, alcançando o equilíbrio e a harmonia sentirá a paz daqueles que conheceram a verdade com os olhos do espírito.


Assunto: Data : 12/11/2010
Pergunta:

oi gostaria de saber se a pessoa sabe quando vai morrer e onde ficam durante os sete dias e se todos passam pelo pulgatorio assim que desencarnam

Resposta:

Nem sempre ela sabe que vai desencarnar, pode existir uma sensação ou ações que ela deseja realizar e não entende porquê, pode ser a influência incosciente do momento que se aproxima. Pessoas que passam por longos períodos de sofrimento podem ser avisadas, mas também não temos como afirmar nada.

Quanto ao assunto purgatório aconselho a leitura da obra "O Céu e o Inferno" de Allan Kardec,o livro aborda esses conceitos e mostra no final declarações de espíritos desencarnados.


Assunto: ajudar com o desligamento Data : 21/11/2010
Pergunta:

oi meu marido teve um avc no tronco encefalico faz 6 meses, é tudo muito sofrido pq ele esta com o cerebro e suas funções intactas, no entanto não consegue mandar comando algum ao corpo. os medicos chamam d aprisionamento. no começo eu naum m conformava, chorava implorava a Deus... mas hj vendo a situação dele... gostaria d ajudar d alguma forma com desligamento dele. posso fazer alguma coisa? sou culpada pelo sofrimento dele?

Resposta:

Você não é culpada pela atual situação e não somos responsáveis por ajudar no desligamento, essa tarefa é de responsabilidade de amigos espirituais devidamente treinados e isso ocorre somente quando DEUS autorizar. Não devemos vibrar pelo desligamento do espírito, salvo os casos em que ele atua impedindo o desligamento, atrapalhando no trabalho espiritual em curso.

Por via das dúvidas devemos sempre vibrar para que a vontade do Pai seja feita, como o próprio Jesus nos ensinou.

Mesmo na situação de aprisionado, como você informou, o espírito ainda vive e passa por expliações necessárias para o seu crescimento espiritual, porque se assim não fosse Deus não permitiria o seu padecimento.

Converta suas vibrações em preces de amparo e luz, amor e fraternidade, pedindo sempre a Deus que envie Luz para o seu marido e que tudo que aconteça com ele seja proveitoso para o seu espírito.


Assunto: duvida Data : 29/11/2010
Pergunta:

oi gostaria de saber se tem como um espirito dar noticia de outro desencarnado sem conhecer seus familiares

Resposta:

Sim, mas devemos ter muita cautela, pois existem muitos médiuns que não são confiáveis.

Um médium confiável está sempre vinculado a um centro espírita sério, não cobra por atendimento e não trabalha com sacrifício de animais.


Assunto: auxilio Data : 03/12/2010
Pergunta:

Meu namorado faleceu no dia 20/ 10/2010, antes dele falecer eu sonhei que iria acontecer algo mais não levei em conta, no momento da morte eu acordei ao prantos no meu pensamento dizia que le não iria voltar mais não porque ele não queria( estavamos afastados) mais fui dormi e fiquei sabendo pela manhã pois estou gravida de 5 meses, ele foi assassinado. me doi muito a perda meus sonhos foram jogados no lixo, peso nele direto. Mais ontem tive um sonho que me deixou preocupada eu falava com ele pelo telefone mais a voz não era a dele, mais mau coração dizia que era ele. Ele disse que estava em recife, não entendi se era pra mim ir ou não ir com minhas filhas. disse que me amava e eu disse que o amava tmb, mais falou com muita angustia que não tava conseguindo prosperar, não sabia o que significava esta palavra mais eu falei pra ele que juntos poderiamos e pedi pra ele voltar mais ele disse que não voltaria pois se um amigo dele caisse ele cairia tmb. no sonho eu tinha certeza que estava sonhando e não queria que o sonho termina- se. Este sonho e fruto da minha cabeça ou ele esta pedindo ajuda? Outro espirito pode entrar no meu sonho e fingir ser ele? me ajude por favor

Resposta:

Olá, não temos como saber em qual situação se encontra, pois é possível que seja ele ou não, também é possível a outro espírito mascarar-se para gerar desequilíbrio.

A prece é a forma de se comunicar com Deus, pedindo que proteja-o e o ampare na sua nova vida.

Também é importante que você para de chamá-lo e passe a orar para equilibrar-se e também para que ele se adapte ao plano espiritual.


Assunto: Data : 03/01/2011
Pergunta:

oi des que minha mae se foi eu nao consigo mais ter a mesma vida sinto muito a falta dela tento nao chorar mas ao mesmo tempo eu me culpo por ela ter pertido queria saber se estou prejudicando a e o que poderia fazer para tirar esse sofrimento de dentro do meu peito ja vai fazer um ano e nao consigo superar a perda queria saber como ela esta

Resposta:

Olá,

na nossa série de artigos sobre desencarnação mostramos qual deve ser a postura dos familiares que ficam e falamos sobre o contato com desencarnados. Você deve canalizar as suas energias para o bem, para o amor ao próximo. Nada adiantará ficar chorando, isso prejudicará você e sua mãe, transforme a tristeza em esperança e a lamentação em trabalho em favor do próximo.

Seguindo os conselhos magistrais de Chico Xavier você deve orar para lembrar de Deus e trabalhar pelo próximo para esquecer de si.


Assunto: Desencarne por acidente Data : 04/01/2011
Pergunta:

Olá,

No dia 23/10 meu irmão mais novo desencarnou num acidente de moto, foi de repente, ele tava na garupa, um cara fechou ele e ele foi arremessado.Enfim, ele era evangélico, minha mãe diz ver ele e minha sobrinha viu ele sentado na cama dela de madrugada recentemente, ele era muito bom de coraçào e honesto não tinha apego material, mas sim com a gente, é possível que ele esteja se negando á ir para uma colônia? em caso de acidente a pessoa sofre muito? como se dá o desenlace?

Resposta:

Sim, é possível que ele esteja se negando a receber o auxílio espiritual necessário.

Faça o seguinte:

1 - Ore todos os dias por ele, pedindo que ele se adapte a sua nova vida e que os amigos espirituais possam interceder por ele.

2 - Inicie uma reunião de Evangelho Semanal no Lar para harmonização do ambiente doméstico

3 - cadastre-se no nosso tratamento espiritual a distância

4 - No site da Fraternidade Francisco de Assis - http://www.franciscodeassis.org.br existe um trabalho de prece para desencarnados a distância, cadastre seu irmão.


Assunto: Data : 09/01/2011
Pergunta:

e possivel que espiritos que morrem por afogamento permaneçao por muito tempo no local e sejam vistos?

Resposta:

Sim, é possível, o espírito pode não se libertar do local por algum motivo pessoal ou apego, dessa forma pessoas com faculdade de clarividência podem vê-lo.


Assunto: Processo de Desencarne. Data : 14/01/2011
Pergunta:

Boa tarde Gustavo. É de grande admiração o auxílio que você proporciona aos que perdem alguem proximo e realmente precisam de palvra confortadora.

A minha dúvida é a seguinte: No Processo Desencarnatório existe a possibilidade da equipe realizar todas as estapas de desligamento e no momento da etapa final(O Rompimento do Cordão de Prata) isso não acontecer e o paciente obter (por qualquer motivo) uma melhora e não sofrer mais o desencarne, estabelecendo assim o processo inverso de re-ligamento desses laços. Obrigada.

Resposta:

Olá,

sua pergunta é muito boa, mas não tenho certeza absoluta sobre a resposta. Acredito que você deva estar falando sobre as experiências de quase-morte.

Existe uma diferença entre as nossas expectativas e o conhecimento dos espíritos, muitos podem achar que passaram pela experiência de quase-morte e voltaram "vencendo" a morte...

Pessoalmente não acredito que funcione dessa forma, porque os espíritos que realizam o trabalho e desligamento estão mais diretamente ligados a espiritualidade superior e não creio que decidam de última hora "desfazer" um desencarne. O que acredito que possa acontecer é a intervenção da espiritualidade para que não ocorra o desencarne naquele momento, mas tudo isso está mais ou menos programado pela espiritualidade superior.

Uma equipe de desligamento pode também realizar intervenções para dilatar um pouco mais o período de vida, isso pode ser visto em um livro de André Luiz.

Eu não tenho a resposta completa para sua pergunta, mas não creio que os laços rompidos sejam refeitos porque ocorreu um problema no rompimento no cordão de prata. Não creio que esses laços possam ser religados, mas nunca li nada sobre o assunto, sinto muito não poder lhe dar maiores informações.

Vou conversar com outras pessoas e se tiver maiores informações incorporo a resposta.


Assunto: Ajuda para o desligamento Data : 26/01/2011
Pergunta:

Olá, Acredito na doutrina espírita, estou iniciando os meus conhecimentos lendo, e buscando orientação e auxílio espiritual em um centro na minha cidade. Tenho uma tia de 100 anos, ela foi minha mãe, viveu os últimos 31 anos (minha idade) de sua vida para mim, seu apego a mim é notório. Eu cuido dela. Hoje ela está enferma, sem andar e muito fragilizada com sua situação. Sempre foi ativa e sempre pedia da Deus que nunca a deixasse padecer sobre uma cama. Procuro sempre conforta-la e dizer o quando ela fez por mim, que sua missão comigo foi cumprida, para libertar seu espírito. Queria poder ajuda-la a desencarnar em paz, e que seu sofrimento seja o menor possível. O que eu faço ? posso fazer alguma coisa para isso ? Procurar ajuda no centro irá ajudar? Não aguento ver o seu sofrimento.

Resposta:

Olá,

converse com ela sobre o que está aprendendo na doutrina espírita, compartilhe suas conquistas, alegrias e como está modificando a sua forma de encarar a vida.

Além disso inicie o Evangelho Semanal no Lar (temos um artigo sobre esse tema) com a presença dele, converse sobre Jesus e se possível faça com o Evangelho Segundo o Espiritismo, que mostra a ligação com os ensinamentos espíritas.

Dessa forma estará preparando-a para melhor se adaptar ao mundo espiritual.


Assunto: AUTÓPSIA NA VISÃO ESPIRITA Data : 27/01/2011
Pergunta:

Prezados Senhores,

Gostaria muito de saber se quando somos obrigados a efetuar a autópsia em um recém falecido, se na visão espirita ele sente alguma coisa?

Sente dores?

Estou preocupada, pois tive de autorizar a autópsia de meu companheiro, e agora estou triste em saber se ele sentiu dores ou algo parecido.

Por favor tirem minhas dúvidas.

Desde já agradeço a atenção,

Elisabeth

Resposta:

Olá,

não existe uma resposta certa para essa pergunta. Se ele for um suicida as chances são muito grandes, pois já lemos na literatura espírita casos semelhantes.

Caso ele seja muito apegado ao corpo e não esteja consciente da sua realidade espiritual é possível.

Mas se ele teve uma conduta moral e conhecia um pouco sobre a reencarnação então é muito improvável que a autópsia cause nele impressões negativas, pois estará protegido por amigos espirituais e pela própria consciência espiritual.


Assunto: como ele esta Data : 09/02/2011
Pergunta:

Ola meu marido foi morto com três tiros no rosto foi uma tragédia e não me conformo com sua perda eu o amo muito.se Deus me perguntasse que eu queria,queria poder o ver mais uma vez poder toca lo,ouvir sua voz.seu nome era luciano.Três dias antes de sua morte ele acordou gritando que me amava será que estava se despedindo de mim.Me sinto tão sozinha e sem resposta.me ajude por favor pois essa dor é horrível.As vezes parece que em minha mente eu estou conversando com ele.por favor

Resposta:

Bem difícil a experiência de se ver separada de quem ama dessa forma, Deus em sua infinita misericórdia nos dá a força necessária para superarmos a dor, se apelamos a Ele e pedimos sem revolta Sua ajuda. Sempre que ocorre um desencarne assim, isso significa o resgate de um carma para todas as pessoas envolvidas. É uma dívida que está sendo paga por uma atitude idêntica nessa ou em vidas passadas praticada pelos envolvidos.

O importante agora é você procurar a conformação , pois isso vai ajudar seu marido, que continua vivo no plano espiritual e sofre as consequências de tudo o que você sente. Envie para ele vibrações de amor e paz. Certamente vocês poderão se encontrar, quando através do sono do corpo vc se projetar para o mundo espiritual, mas por enquanto não deve pedir isso para que ele possa se acostumar com o novo estágio em que se encontra. Ele está sendo cuidado no mundo espiritual por aqueles que o protegem e amam, e precisa se refazer do que lhe aconteceu, por isso é tão importante a sua serenidade.

Paz e Luz!


Assunto: Desencarne Data : 26/02/2011
Pergunta:

Olá, a quase um mes perdi um grande amigo era uma ligação muito forte quase magico as coisas que acontecia com a gente, enfim ele passou por uma cirurgia e nao resistiu tinha apenas 28 anos, to devastada, nao me conformo, choro, quase sempre. Porem to buscando forças no espiritismo pois é uma esperança, uma chance de novo... Porem lendo sobre o espiritismo vi que to fazendo tudo errado, mas a dor é maior que a racionalidade, sinto saudade demais dele. Preciso de uma palavra uma presença, um cheiro sei la, enteder tudo isso. Ele era medium eu sensitiva... Sonhei com ele no dia seguinte da morte, pedi-o q vivesse dnovo: ele respondeu: so se eu lhe levasse pra uma casa diferente-eu disse:diferente como? mas nao existem casas diferentes-ele disse: uma casa em que o chao seja o teto e o teto seja o chao. Eu disse- nao existem casas assim. Ele disse: tem sim quer ver, ai me levou ate la e realmente tinha mesmo conforme ele descreveu. A principio nao compreendi mas ao falar com pai dele decifrou como sendo a "cova-tumulo" depois sonhei com ele ate o 7 dia, sendo que num desses sonhos disse-me que faria o maximo pra me levar o mais rapido possivel pra perto dele. Depois o ultimo sonho em que eu abracei-o e ele me disse ta tudo bem to bem, agora me deixe em paz com a expressao chateada. Me acordei triste demais porque em vida jamais ele diria isso pra mim, depois disso nao sonhei mas com ele, pareçe que morreu mesmo sumiu. Os sonhos eram meu consolo, pois ja acordava pensando em dormir. Obrigada aguardo resposta.

Resposta:

Aconselho a você parar IMEDIATAMENTE o que está fazendo, pois além de abrir uma brecha para obsessão ainda está atrapalhando a vida do seu amigo que continua após a morte.

O verdadeiro amor está acima da distância e do tempo, deixe seu amigo seguir adiante, lembre-se que a vida continua e não existe real separação.


Assunto: Vontade de morrer Data : 18/03/2011
Pergunta:

Assisti o filme nosso lar e fiquei horrorizada com o umbral, e mais ainda quando vi que andré morreu, e lá no céu o consideram um suicida inconsciente, que na minha opinião não entendi o porque? se for assim todo é ´suicida inconsciente.

Sempre achei minha vida vazia nao sei explicar porque, tenho uma familia perfeita, uma condicão financeira razoável, tenho um marido exemplar minha vida é muito boa, sou bonita e muito cobiçada pelos homens "fato que as vezes fazem com que as mulheres tenham vontade de viver muito...

Porem nao sei entender é algo que vem de dentro de mim, a muito tempo tenho vontade de morrer parece que comecei errado mas nao sei qual foi o erro e nem quando errei e nem sei como concerta-lo, quero ir pra junto de Deus pra viver em paz, naquele lugar perfeito, não sou inconformada com nada, sinto que aqui não é meu lugar, tambem sinto que sou alma velha ja fui e voltei, e as vezes tenho lembranças que nao me pertencem mas que me sinto bem quando as vejo e sinto cheiro daquele tempo, tenho uma sensação de paz interior quando penso no céu que eu imagino e uma vontade de ir pra lá, não quero ser considerada uma suicida inconsciente, pra mim tudo pode me matar, mas nada consegue fazer isso por mim, não tenho medo da morte, tinha medo era das sensaçoes que so eu acreditava mas nao contava pra ninguem, e quando começei a ler esses artigo vi que é um possibilidade real( tipo sentir vermes comendo meu corpo)

Sempre acreditei nas coisas por acreditar e no fundo ter uma certeza, não foi ninguem que me contou ou que eu achei bonito e começei a acreditar, tudo era natural, sabia que ninguem morria quando morria, sabia que eles ficava ali por perto do corpo, so não imagina um céu tão perfeito como esse do filme. mas é puro logica se Deus criou o homem obviamente a inteligencia dele é maior, certamente ele inspira o homem a construir genericos das fortalezas que ele sabe fazer, enfim quero voltar pra onde eu nunca deveria ter saido e viver em paz la como foi um dia atras, sensação de leveza, de andar e respirar e ver uma claridade tão constante, invejo todo dia quem morre invejo os velhos que ja estão perto de ir. Queria saber como saber a minha missaõ pra poder fazer e ir logo, preciso de Deus. preciso viver de novo.Se eu pedir uma prece com muita fé Deus me leva de novo? ou será se o tempo de eu ir ja tá determinado? tenho medo de custar demais.

A por favor não publicar meu nome. Obrigada!!

Resposta:

Olá,

Vontade de Morrer é muitas vezes lembrança de uma encarnação anterior onde você se suicidou ou obsessão. Procure um centro espírita para se tratar e cadastre-se no tratamento espiritual a distância do Grupo PAS.

Aconselho a leitura da série de artigos que publicamos sobre suicídio.

A explicação sobre suicídio direto e indireto também foi explicado na série de artigos e recomendamos a leitura do Livro dos Espíritos para maiores detalhes.


Assunto: PESO NA CONSIÊNCIA Data : 20/03/2011
Pergunta:

Gstaria de receber uma resposta para minha angustia. Meu pai faleceu a 5 anos,passou um grande periódo doente...Eu não fui uma boa filha,minha mãe conseguiu me colocar contra ele,e apesar de ter por ele o amor maior do mundo,eu nutria uma revolta pelas coisas que ela me fez acreditar.

Mas a saudade e o arrependimento de não ter sido uma boa filha tá me matando e esse é um sentimento que divido com uma irmã,que também sofre muito.

Acredito firmemente nos propósitos de Deus,mas eu gostaria muito de saber se ele me perdoou.A desencarnaçao dele foi muito leve,parecia que tinha apenas viajado,nunca nos assombrou,ao contrário da minha mãe.

Resposta:

Olá,

não tenho como entrar em contato com seu pai, contudo, se você se arrepende e ora em favor dele com amor é bem provável que ele compreenda perfeitamente a situação.

Muitas coisas perdem o valor quando desencarnamos e o amor brota em nosso coração de forma diferente, sem tanta vaidade e orgulho, por isso conseguimos olhar as situações de forma mais pura e real.

Cadastre-se no site da Fraternidade Francisco de Assis - Casa de Bezerra de Menezes - http://www.franciscodeassis.org.br - para o trabalho de prece para desencarnados e no dia marcado reuna-se com sua irmã. Na prece que antecede o trabalho orem com muito amor e carinho em favor dele, falando sobre o que sentem e pedindo a Jesus que ajude-o a seguir o seu caminho onde quer que esteja, tenho certeza que isso o fará muito feliz.

Cadastre-se também no tratamento espiritual a distância realizado pelo Grupo PAS, isso ajudará na sua harmonização.


Assunto: pergunta Data : 24/03/2011
Pergunta:

antesde meu pai falecer sonhou que estava em um hospital espirita e recebia a visista de uma tia falecida.quando internei ele falou que estava flutuando.ele desencarnou e logo sonhei que estava entre nos e que iria nos ajudar em assuntos pendente...sempre sonhei com esse hospital

Resposta:

Olá,

devemos deixar aqueles que partiram continuar a sua caminhada, se for permitido pela espiritualidade ele poderá nos auxiliar em determinados assuntos, mas nem sempre isso é possível e não devemos ficar solicitando a sua intercessão porque isso o prejudicará no plano astral.


Assunto: esclarecimento/ajuda Data : 02/04/2011
Pergunta:

minha mae querida sempre foi uma pessoa acometida por varios problemas de saude. Meu querido pai tinha um cuidado todo especial com ela e tinha muito medo qu ela nos deixasse e pedia para que eu e meus 2 irmaos cuidassemos dela caso ele faltasse antes dela.Assim, no carnaval de 2011 fizemos uma viagem para praia e la minha mae passou mal e foi internada na uti e posteriormente transferida para a cidade a qual faz tratamento existe muito tempo. Em viagem para referida cidade, fomos eu e meu pai. No caminho da viagem fomos conversando coisas a respeito dela e como deveria ser o tratamento dado para ela por nos filhos e ele esposo, inclusive fazendo planos para quando ela voltasse para casa.numa sexta feira da estrada, mais precisamente em um ttrevo ocorreu um acidente conosco, uma fracao de segundos, inclusive eu nem ccheguei a ver o carro entrou na frente do nnosso causando uma colisao de frente.quando dei por mim estava com muitas ddores, nem conseguia respirar direito pelo ferimento causado e meu pai ainda chegou a me perguntar: minha filha que vc ta sentindo-dai eu disse: pai eu to com muita dor no peito e nem to conseguindo respirar-dai ele falou: eu nao estou sentindo nada e llogo apos desmaiou.O socorro veio rapido, qquebrei 3 costelas e fiquei com alguns hhematomas.Meu pai teve uma parada respiratoria, foi direto para a uti, sofreu ddurante 9 dias e veio a falecer. Ante o eexposto,gostaria que me ajudasse a ccompreender o motivo pelo qual ele veio a ffalecer sendo que eu havia me machucado mmais que ele e o porque de uma fatalidade ttao grande? Vale esclarecer que sou unica filha mulher e que nos 2 tinhamos uma aafinidade imensa. Hoje sinto muita falta ddele que foi um exemplo de pai, marido e ppessoa humana, mas ainda nao consigo sacimilar o porque dessa fatalidade e se aalgum dia eu ou ele iremos nos comunicar dde alguma forma, seja em sonho ou em outra fforma porque sinto uma necessidade imensa de saber se ele esta bem e de que ele saiba que eu tambem estou bem de saude, porem um tanto quanto perdida por imaginar que nao terei mais o carinho, afeto e protecao daquele que tudo me ensinou, e que infelizmente hoje nao tenho mais.

peco humildemente que me de uma palavra de conforto para que eu consiga continuar minha vida em paz. E uma coisa nao me sai da cabeca, ou seja, uma imensa certeza de que meu pai era meu anjo da guarda. obrigada irm.ao por dar atencao ao meu pedido e fico anciosamente no aguardo de uma resposta que acalente meu coracao.

Fique na paz de Deus.

Resposta:

Olá,

seu pai é um irmão muito querido e provavelmente você já o conhece de outras encarnações, mas o anjo guardião está no plano espiritual, auxiliando no seu crescimento espiritual.

Compreenda que cada um possui o seu tempo aqui na Terra, o tempo dele chegou e tenha a certeza que isso não acontecu por castigo ou qualquer outro motivo material, era a hora dele retornar, se fosse a sua você teria partido e ele ficado.

Você deve continuar a sua vida primeiramente porque a vida não cessa com a morte, seu pai continuará a lembrar de você e amá-la no local que se encontra e em segundo lugar se você ficar triste então também levará essas energias angustiantes para ele, desequilibrando-o energeticamente, creio que por amá-lo você não deseja isso. Seja feliz e mostre ao seu pai o seu amor e gratidão através da bondade, da resignação e amparando irmãos e irmãs carentes que necessitam de auxílio.

Procure também um centro espírita para frequentar e aprender um pouco mais sobre a doutrina espírita, creio que ajudará muito na sua recuperação.


Assunto: desencarne Data : 13/04/2011
Pergunta:

Boa Noite!!!

Pode ser permitido que um obsessor faça o desligamento do fuido no momento do desencarne? Ou pode o obsessor estar presente ou até auxiliando em um desencarne?

Resposta:

Obsessor não tem como objetivo auxiliar e sim vampirizar ou escravizar o recém-desencarnado. Nunca li sobre obsessores realizando o desligamento, já li em livros que a equipe de desligamento não tendo a permissão de encaminhar o irmão deixa-o entregue aos obsessores, porque infelizmente sua postura moral, vibração e compromissos adquiridos durante a encarnação impedem o auxílio espiritual.


Assunto: desencarne Data : 19/04/2011
Pergunta:

olá, tenho dúvida meu pai desencarnou em 2002 por AIDS, era uma pessoa boa e prestativa, gostaria de saber pra onde ele foi, e se ele pode se cominucar comigo? por favor me respondam

Resposta:

Olá,

não temos como saber, isso vai depender muito de como foi a sua vida, sua aceitação da vida após a morte.

Não realizamos o trabalho de psicografia, mas aconselho a você não procurar essas informações e dedicar o seu tempo a estudar e aprender sobre o mundo espiritual. Se for da vontade de Deus que seu pai entre em contato então isso ocorrerá.


Assunto: Data : 21/04/2011
Pergunta:

oi gostari de saber o que significa da sensaçao que tive (senti o meu corpo vibrando como se foce tremores mas nao estava dormindo no exato momento fiquei com medo mas passou quando abri os olhos quando olhei para a porta do meu quarto vi uma fumaça

e nela esta a imagem da minha mae que desencarnou no ano passado nao era nitida mas tenho plena cociencia que era ela

Resposta:

Olá,

é possível que você estivesse em projeção astral ou desdobramento e no momento do retorno tenha visto a sua mãe. Pode ter sido um fenômeno de clarividência, existem várias explicações, mas é realmente possível que sua mãe estivesse visitando-a, contudo, nada podemos afirmar.


Assunto: desencarne Data : 21/04/2011
Pergunta:

Olá,

meu pai está em estágio terminal devido ao cancer generalizado, só que ele não consegue se desligar desta vida, é notório o seu sofrimento e, com isso, todos nós sofremos também. O que podemos fazer para fazer com que ele se desapegue e siga seu curso para o outro plano?

Obrigada.

Resposta:

Olá,

converse com ele, ore próximo, mostre a ele que existe vida após a morte e faça uma corrente de muito amor e vibração, esse movimento da família ajudará o trabalho da equipe espiritual e ajudará seu pai na adaptação.


Assunto: Desencarne Data : 14/05/2011
Pergunta:

Olá,minha mãe faleceu vai fazer três mêses,como sou filha única pra mim esta sendo muito difícil esse momento.Á dias que sinto um desespero tão grande dentro de mim,meu coração chega ate disparar, parece que eu levo um choque todos os dias quando eu acordo,será que ela está bem?

Também sonhei com ela esta noite falado que iria procurar um medium pq ela estava se sentindo estranha,no sonho tambem falei que eu iria procurar,pois estava sentido algo desagradavel tambem me ajude a entender isso pois fico preocupada, minha mãe era uma pessoa muito boa e muitas pessoas nem acreditam que ela se foi de uma forma tão rápida.Ela teve um infarto.

Resposta:

Leia a série completa de artigos que escrevemos sobre desencarnação, pois sua postura vai contra tudo que informamos. Ficar chamando por ela, sofrendo em desequilibrio faz com que ela sofra e pode dificultar a adaptação dela na espiritualidade.

Pare de ficar chamando-a, não busque médiuns para conversar com ela, passe a orar para que ela fique em paz, era o momento dela retornar, o Pai celestial a convocou, devemos aceitar e compreender que a vida continua.